Reunião Extraordinária do Secretariado

O Secretariado da Secção da Sra da Hora, reunião extraordináriamente ontem, dia 12 de Março de 2009, a fim de analisar os seguintes assuntos:

1 – Congresso Nacional do PS

Sobre este tema Luís Borges resumiu o que se passou no Congresso, tecendo elogios à organização e realçando que este congresso visou fundamentalmente unir o partido à volta do seu líder José Sócrates, tendo por objectivo os 3 actos eleitorais deste ano. Lamentou a ausência de debates vivos e alternativos ao poder vigente.

2 – Comissão Nacional

Sobre este tema o Comissário Nacional Orlando Silva informou como decorreu e quais os resultados da primeira reunião da Comissão Nacional efectuada em Lisboa no dia 8 de Março. Lamentou o facto de Matosinhos estar a perder protagonismo político.

3 – Visita do Presidente da Câmara Guilherme Pinto à Sra da Hora

O Secretário Coordenador Serafim Lopes informou acerca de um Jantar promovido pelo actual edil, no qual estiveram presentes Alexandre Lopes e José Tunes. Neste jantar, Guilherme Pinto pressionou o Presidente da Junta Alexandre Lopes a definir-se rápidamente, ou seja, instou-o a apresentar a sua recandidatura pelo PS à Junta de Freguesia da Sra da Hora o mais depressa possível.

Sobre este assunto, o Secretariado considerou ser inadmissível um comportamento deste tipo. É entendimento deste Secretariado, que os orgãos próprios do PS é que devem decidir essa questão, dentro dos “timings” que considerem normais. Neste sentido, o Secretariado reiterou a sua decisão já tomada em Setembro de 2008, aprovada por unanimidade, que foi a seguinte: “O Secretariado da Sra da Hora decidiu convidar os actuais Presidente da Junta e Presidente da Assembleia a disponibilizarem-se para se recandidatarem, até Maio de 2009. O Secretério Coordenador Serafim Lopes, informaria formalmente os visados, desta decisão”.

Pelo Secretariado – Luís M. Borges

  1. #1 by Ferreira on 14 de Março de 2009 - 00:58

    Não me espanta nada esta reação (cabeça perdida?), vem na continuação da atitude persecutória para com a freguesia da Senhora da Hora, elegendo o presidente da junta como alvo a abater. Parece-me, é que nesta altura do campeonato os cartuchos são de pólvora seca, porque nem os seus “muchachos” consegue controlar.

  2. #2 by José Simões on 14 de Março de 2009 - 01:04

    Em Outubro os Senhorenses darão a devida resposta, a tanta hostilidade a que durante este mandato foram sujeitos. A freguesia da Senhora da Hora não precisa de prestar vassalagem a ninguém.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: