bloco de esquerda

O B.E. JÁ ESCOLHEU: O PRINCIPAL INIMIGO NÃO É A DIREITA MAS O P.S.

Obsessão (2)

O BE reafirmou enfaticamente que “não fará nenhuma coligação de governo pós-eleitoral com o PS”, caso este não tenha maioria absoluta.
Na verdade, essa reafirmação era desnecessária. Primeiro, porque é evidente que o Bloco considera o PS “o inimigo”. Segundo porque, como típico partido de protesto e de contrapoder da Esquerda radical, o BE se auto-exclui por princípio de participar no Governo. O poder “tem peçonha”.
O que Louçã não disse é que, caso o PS tenha de formar um governo minoritário, o Bloco estará disponível para se aliar à Direita para fazer a vida negra ao Governo do PS (o que aliás tem feito várias vezes nesta legislatura), mas também, caso se proporcione, para derrubar o Governo, numa “aliança negativa” das oposições.
Como dizia o outro, “os inimigos dos meus inimigos meus amigos são”. Entre o PS e a Direita, o BE já escolheu.

Obsessão (1)

“O nosso objectivo é retirar a maioria absoluta ao PS” — discurso de Louçã no congresso do BE.
Já se sabia que para o BE o principal inimigo político não é a Direita mas sim o PS. Por isso, aliás, só admira que o BE diga querer tirar apenas a “maioria absoluta”. A gente sabe que bom, bom mesmo, era tirar a maioria. É pena a Direita não estar a fazer a sua parte…
  1. Deixe um comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: